O MOMENTO DE DEUS - André Luiz

Jefferson Severino - 09/01/2019 SC 01571 JP

O MOMENTO DE DEUS
André Luiz 

 
       Analisemos as atitudes desencontradas que, várias vezes, assumimos diante do bem.
 
       Chamados a participar do dia grupo de trabalho, em benefício do semelhante, quase sempre alegamos falta de tempo, pretextando obrigações inadiáveis.
 
       Entretanto, observemos o aproveitamento dos minutos na atividade diária. Com frequência, encontramos o tempo necessário para a hora:
 
               o cabeleireiro;
 
               da manicure;
 
               da modista;
 
               do alfaiate;
 
               do clube;
 
               do cinema;
 
               do rádio e da televisão;
 
               da festa;
 
               do lazer;
 
               da reunião com os amigos.
*
 
       Se não conseguimos, pois, encontrar alguns minutos sequer para Deus, no serviço de auxílio ao próximo, na verdade nosso problema é muito mais de comodismo e indiferença do que propriamente de ocupações e tempo.
 
André Luiz
Do livro: “Decisão”
Psicografia de Antônio Baduy Filho
 




« Leia outros artigos