IRMÃOS NORDESTINOS - por Pedro Paulo Lanetzki

Jefferson Severino - 15/10/2018 SC 01571 JP

IRMÃOS NORDESTINOS
por Pedro Paulo Lanetzki

 
Ele nos deu um cérebro para comandar nossas ações.
 
Ele nos deu pernas para ir e voltar da nossa faina diária.
 
Ele nos deu braços para o trabalho, nos sustentar e também nossos filhos e aqueles que de nos dependem.
 
Ele nos deu olhos para sorrir nos momentos felizes e chorar quando a tristeza chega.
 
Enfim, Ele, Criador nos fez iguais, perfeitos e merecedores de suas dações.
 
Porque essa diferença entre nós?
 
Essa diferença é a ganância insaciável de alguns que em vocês não pensam, mas pensam em surrupiar os benefícios que lhes são destinados, de forma desvairada e incontida.
 
Irmãos sabemos das dificuldades porque passam, em troca de uma dentadura e de esmolas de todos os tipos, acabam por se submeterem a humilhação e domínio de sanguinários sanguessugas.
 
Vocês não precisam do peixe, mas precisam de alguém que os ensinem a pescar.
 
Terra semi-árida, sol escaldante, falta de chuvas é o que se apresenta.
 
Governos honestos e patrióticos, cumprindo nada mais do que seu dever, começariam a melhorar a vossa situação; como?
 
Vejam alguns pontos:
 
1º.) Aplicando sem desviar os recursos que a vocês é repassado e não permitir que encham os bolsos dos maus políticos,
 
2º.) Vocês são abençoados pelos ventos e intensidade dos raios solares; usinas eólicas e solares supririam o mais que precisam de energia elétrica, base de todas as vossas necessidades.
 
3º.) Vocês são abençoados, pois em seu sub-solo existem enormes aqüíferos, cuja água pode ser trazida a superfície por enormes “cata-ventos”; com ela viriam os nutrientes para vossa agricultura.
 
Só esses três pontos garantem o suprimento do que precisam, praticamente sem quaisquer custos de produção, da energia elétrica, da água com nutrientes para a agricultura (o que já é fartamente utilizado em Israel) e da água desalinizada.
 
Com o passar das décadas, o clima em vossas terras vai retornar aos seus primórdios, fruto de um trabalho sério e muito bem planejado.
 
Pensem, Ele e os homens de boa vontade deste país vos ajudarão, fazendo desta terra uma grande nação.
 
Terra abençoada e que só depende de nós.
 
Simplesmente é nos dar as mãos e doar o bem e o bom que cada um tem em seu interior.
 
Ele sentirá muito orgulho da transformação de seus filhos.
 
Pedro Paulo Lanetzki
São Caetano do Sul - SP 
pedro@netzinformatica.com.br




« Leia outros artigos