A PREGUIÇA - Rodolfo Calligaris

Jefferson Severino - 15/10/2018 SC 01571 JP

A PREGUIÇA
Rodolfo Calligaris

 
A preguiça é um grave defeito da vontade, caracterizando-se pela falta de impulso para o trabalho.
 
       Muitos preguiçosos são francamente do“dolce far niente”. Sua filosofia é:”plantando, dá; não plantando, dão; então, não planto, não.”
 
...................................................................................
 
       Jesus condena, com veemência, a ociosidade e a preguiça, ao mesmo tempo que exalta o espírito de trabalho, estimulando-o com reiteradas promessas de recompensa.
 
       Haja vista a parábola dos trabalhadores e das diversas horas do trabalho, a dos dois filhos, a das dez virgens, a dos talentos, a do servo vigilante etc.
 
       Não bastasse o testemunho de sua própria vida, que foi um belíssimo exemplo de trabalho, quer como humilde carpinteiro na oficina de José, quer como carinhoso médico dos enfermos e sofredores de todos os matizes, quer ainda como incansável arauto da Boa Nova, assim se expressou Ele certa vez: “Meu Pai até agora não cessa de trabalhar e eu obro também incessantemente.” (João, 5:7)
 
...................................................................................
 
       A Doutrina Espírita, estendendo e aprofundando os ensinamentos evangélicos, adverte-nos que “cada um terá que dar contas da inutilidade voluntária de sua existência, inutilidade sempre fatal à felicidade futura”, e que, para garantir uma boa situação no mundo espiritual, “não basta que o homem não pratique o mal, cumprindo-lhe fazer o bem no limite de suas forças, porquanto responderá por todo o mal que haja resultado de não haver praticado o bem.”
 
       Saibamos, portanto, aproveitar todos os instantes de nossa vida, empregando-os em alto útil, para que, ao se findarem nossos dias à face da Terra, possamos ser incluídos entre aqueles que as vozes do Céu proclamam bem-aventurados, “porque suas obras o acompanham” (Apoc., 14:13)
 
Rodolfo   Calligaris
dO LIVRO "Páginas de Espiritismo Cristão”




« Leia outros artigos