TENTATIVA DE ASSASSINATO DA DECÊNCIA

Jefferson Severino - 09/07/2018 SC 01571 JP

TENTATIVA DE ASSASSINATO DA DECÊNCIA

 

 

Em decisão neste domingo (8), o desembargador federal Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com sede em Porto Alegre, decidiu conceder liberdade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso desde 7 de abril deste ano em Curitiba.

Lula foi condenado no processo do triplex, no âmbito da Operação Lava Jato, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

* * *

Não foi o TRF-4.

Foi um canalha sozinho que tomou esta decisão ABSOLUTAMENTE ILEGAL.

Este crápula deste desembargador Rogério Favreto, nomeado por Dilma para o TRF-4, foi filiado e militante do PT por mais de 20 anos.

Ocupou cargo na Casa Civil durante o governo de Lula e foi Secretário da Reforma do Judiciário quando o petista Tasso Genro era Ministro da Justiça

Leia um texto muito esclarecedor de Augusto Nunes, de outubro de 2017, clicando aqui .

Com sua canetada domingueira – ele está hoje de plantão -, tentou assassinar a honra, a ombridade, a honestidade, a decência, a probidade, a ética e a honradez neste sofrido país.

O militante petralha Rogério Cara-de-Buceta Favreto, um parcial cabra safado da mais baixa qualificação

O Juiz Sérgio Moro, Herói do Povo Brasileiro, já determinou aos plantonistas da Polícia Federal que não cumpram a ordem ilegal deste fela-da-puta.

Moro escreveu o seguinte:

O Desembargador Federal plantonista, com todo respeito, é autoridade absolutamente incompetente para sobrepor-se à decisão do Colegiado da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) e ainda do Plenário do Supremo Tribunal Federal“.

O despacho do Dr. Moro é um ponto para a banda decente e para os cidadãos de bem deste país.

* * *
ATUALIZAÇÕES DESTA POSTAGEM:

1) Cármen Lúcia foi acionada por telefone pelo presidente do TRF4, Thompson Flores, para que coloque ordem na guerra de liminares deflagrada com a decisão ilegal de Rogério Favreto de soltar Lula.

Ela também conversou com Raquel Dodge, que deve formalizar recurso. E apoiou a decisão de Sergio Moro.

* * *

2) Favreto é o Toffoli do TRF4

•PT de carteirinha, desde 1991

•Foi Procurador Geral da Prefeitura de Porto Alegre, nas gestões do PT

•Em 2005 ingressou na Casa Civil do Lula

•2007 a 2010: assessor de Tarso Genro, no Ministério da Justiça

•2011: nomeado, por Dilma, desembargador do TRF4

•Crítico declarado da Lava Jato, de Moro e dos procuradores.

* * *

3) Rogério Favreto ligou aos berros para o superintendente da Polícia Federal no Paraná, Maurício Valeixo, mandando soltar Lula.

Pacientemente, Valeixo disse que não poderia fazê-lo diante da decisão de Sergio Moro.

* * *

4) Os petistas tentam libertar Lula ao arrepio da lei, para tentar criar um fato irreversível.

A PF tem de resistir a essa manobra escandalosa. Ordem ilegal não se cumpre.

* * *

5) O procurador regional da República, José Osmar Pumes, recorreu ao relator da Lava Jato no TRF4, Gebran Neto, para que reconsidere a libertação ilegal de Lula, determinada pelo plantonista Rogério Favreto.

Segundo Pumes, Favreto “não detém competência” para fazer o que fez.

* * *

6) O CNJ tem de punir exemplarmente Rogério Favreto, que afrontou o próprio tribunal, o STJ e o STF, ao mandar soltar Lula, claramente mancomunado com o PT.

Se não punir, tem de ser dissolvido.

* * *

7) Parece ter sido uma ação combinada:

Três deputados federais, incluindo Paulo Pimenta (PT-RS), autores do habeas corpus, esperaram que o plantão do desembargador Rogério Favreto para impetrar a medida.

Os três deputados já se encontravam nas imediações da PF, em Curitiba, quando o habeas corpus foi concedido.

Esse grupo pressiona agora a PF a cumprir o mandato.

* * *

8) Nota do Editor do JBF:

Nos idos de 1965, quando eu cumpria meu serviço militar obrigatório para obtenção da carteira de reservista, aprendi com o mineiro Antonio Írio de Assis, sargento do 10º BC, um axioma muito sério na caserna:

“Ordem errada não se cumpre”.

* * *

9) Favreto só faltou decidir que Lula pode ser candidato, ser eleito e tomar posse no Planalto. (Políbio Braga)

* * *

10) URGENTE: GEBRAN NETO DERRUBA LIBERTAÇÃO ILEGAL DE LULA

Gebran Neto, relator da Lava Jato no TRF4, acaba de derrubar a liminar de Rogério Favreto para libertar Lula neste domingo.

FONTE

 





« Leia outros artigos