PRECEITOS DE TODA HORA - André Luiz

Jefferson Severino - 13/03/2018 SC 01571 JP

PRECEITOS DE TODA HORA
André Luiz 

 

       Caminhe com firmeza. Quem se acomoda com a precipitação tropeça a cada instante.

 
*
 
       Examine a você mesmo. Na vigilância constante, educará você os próprios impulsos.
 
*
 
       Higienize a própria mente, trabalhando no bem sem desânimo. O cérebro preguiçoso acumula resíduos indesejáveis.
 
*
 
       Escute seu irmão sem reproches. A caridade real começa na atenção generosa e amiga.
 
*
 
       Aperfeiçoe o procedimento. Hoje melhorado é amanhã mais feliz.
 
*
 
       Ampare o coração combalido. Ninguém pode prever a saúde próxima do próprio coração.
 
*
 
       Faça luz com a sua palavra. Se hoje pode você orientar é possível que amanhã esteja você rogando conselhos.
 
*
 
       Sofra com paciência e serenidade. No braseiro da revolta, ninguém consegue aproveitar a dor.
 
*
 
       Melhore o vocabulário. Há palavras que, excessivamente repetidas, perdem a significação que lhes é própria.
 
*
 
       Cultive a simplicidade. Embora não pareça, o Universo é imponente conjunto de leis claras e cousas simples.
 
*
 
       Sirva sempre. O tédio é o salário de quem vive reclamando o serviço dos outros.
 
*
 
       Improvise o bem onde você estiver. A sombra do mal é assim como o detrito que invade tudo, quando a limpeza está ausente.
 
André  Luiz
Do livro “Ideal Espírita”
Psicografia de Francisco Waldo Vieira




« Leia outros artigos