O ÓBVIO - André Luiz

Jefferson Severino - 13/11/2017 SC 01571 JP

O  ÓBVIO
André Luiz


 
Observemos algumas evidências do óbvio.

De pernas saudáveis espera-se que andem.

De olhos sãos espera-se que vejam.

De ouvidos normais espera-se que ouçam.

De mãos e braços sadios espera-se que trabalhem.

Da boa semente espera-se que germine.

Do arado espera-se que prepare a terra.

Da inteligência lúcida espera-se que raciocine.

Da escola espera-se que ensine.

Do sol espera-se que ilumine e favoreça a vida.

Do medicamento espera-se que alivie e cure.

É óbvio, pois, que de todos nós, os espíritas-cristãos comprometidos com a renovação íntima o mínimo que se pode esperar é que exemplifiquemos os princípios que abraçamos.

André Luiz
Do livro “DECISÃO”
Psicografia de Antônio Baduy Filho

 





« Leia outros artigos