BRASIL E ARGENTINA INICIAM PROMOÇÃO CONJUNTA NA CHINA

Jefferson Severino - 21/04/2018 SC 01571 JP

BRASIL E ARGENTINA INICIAM PROMOÇÃO CONJUNTA NA CHINA

Embratur e argentinos fazem roadshow para apresentar países em diversas regiões chinesas

Embratur, Ministério do Turismo e Itamaraty em parceria buscando o turismo internacional

 

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) e sua correspondente argentina na promoção turística internacional, a Inprotur, fecharam nesta quarta-feira (18), em Buenos Aires, os últimos detalhes para a sequência de ações visando difundir de maneira conjunta, na China, o potencial turístico dois países sul-americanos. Aproveitando a presença dos ministros de Turismo do Brasil e da Argentina na 18ª Cúpula do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC, na sigla em inglês), Vinicius Lummertz e Gustavo Santos, foram formalizados os entendimentos para a participação, também de maneira integrada, no Fórum Econômico Mundial de Turismo, que vai acontecer em Macau, a partir de 23 de outubro de 2019.

A agenda que os dois países farão na China, em maio deste ano, será para promover, em especial, o destino Cataratas do Iguaçu, atrativo compartilhado entre ambos e uma das sete maravilhas do mundo. Os ministros entregaram uma carta aos representantes do ministro chinês Li Jingao.

O assessor de Gestão Estratégica da Embratur, Rafael Felismino, destacou a importância dessa agenda. “Tanto o Brasil quanto a Argentina precisam atrair os turistas chineses. Como a distância é grande e os custos são altos para fazer uma promoção adequada, a ideia surgiu em conjunto. Os chineses que vem a Foz do Iguaçu atravessam a fronteira e estão em Puerto Iguazu, por exemplo, localizado em outro país”, ponderou o representante do Instituto.

As reuniões sobre a promoção conjunta Brasil-Argentina foram durante a cúpula da WTTC, que aconteceu na capital argentina, na sequência do encontro dos ministros de Turismo do G-20. A Embratur participará de toda a ação no país asiático, que inclui uma participação na feira ITB China, de 16 a 18 de maio, em Shangai.

 

 

As conversas entre os representantes dos governos das duas nações sobre o tema vêm acontecendo há dois anos. O ministro Vinicius Lummertz acredita que os países estão maduros para esta inciativa. "O mercado chinês é muito grande e vem crescendo. Temos o problema da distância, mas com iniciativa conjunta fica tudo mais simples, como menor custo e logística simplificada. Desde o início, tanto nós, do Ministério do Turismo e da Embratur, quanto o ministro Santos considerávamos que, se quando os viajantes asiáticos ou americanos que vão para a Europa visitam dois ou mais países, por que não oferecer o mesmo na América do Sul?".

Tratativas 

No começo do mês de abril, durante a WTM Latin America, representantes da Embratur e da Inprotur definiram a realização de roadshows na China, para a divulgação de seus destinos. Esta foi uma sequência de outras reuniões para tratar da promoção conjunta entre Brasil e Argentina no país asiático. Os representantes dos governos dos dois países sul-americanos e do destino Foz do Iguaçu se reuniram a fim de alinhar a preparação da missão que acontecerá no próximo mês.

Ainda durante o mês de maio, a Embratur estará na ITB China, uma das principais feiras de turismo do país. No mesmo período, o roadshow para capacitação do trade chinês será promovido em quatro cidades chinesas: Pequim, Xangai, Cantão e Hong Kong.

 





« Leia outros artigos