Santa Catarina é um dos destinos mais desejados para as férias de verão

Jefferson Severino - 15/12/2018 SC 01571 JP

SANTA CATARINA É UM DOS ESTADOS MAIS DESEJADOS PARA AS FÉRIAS DE VERÃO
 
 
Uma estimativa do Ministério do Turismo aponta que os brasileiros devem realizar 75,5 milhões de viagens entre dezembro deste ano e fevereiro de 2019. A Associação Brasileira de Agentes de viagens também projeta crescimento nas vendas em percentuais entre 18% e 20% no mesmo período. Evidente que Santa Catarina está entre os estados que serão mais visitados no período das festas de fim de ano (Natal e Réveillon) e das férias escolares. Os destinos de sol e praia lideram a preferência na maior operadora de turismo do País para o período. 
 
 
“Tenho batido muito nesta tecla de que o turismo é um celeiro de respostas positivas pois tem uma capacidade incrível de influenciar positivamente a economia. O aumento do número de viagens gera mais oportunidades de geração de empregos temporários e movimenta o comércio e equipamentos turísticos nas nossas cidades”, avalia o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz. Segundo a Abav, as vendas devem manter a mesma proporcionalidade do verão passado. Ou seja, 60% das vendas para destinos nacionais e 40% para o exterior.
 
 
A operadora CVC identificou nesta temporada uma mudança de comportamento de viagem do brasileiro: “diferente de anos anteriores, quando os brasileiros deixaram a decisão da viagem para a última hora, neste a CVC percebe que o consumidor voltou a se planejar e tem fechado a viagem com maior antecedência, aproveitando as promoções do mercado” comenta a assessoria de comunicação da empresa.
 
Fazenda Boqueirão - Ícone do turismo rural nacional. Férias no melhor resort de campo no Brasil
 
AMÉRICA DO SUL SEM FRONTEIRAS
 
 
Uma América do Sul sem fronteiras à disposição do turista. É assim que autoridades do Mercosul enxergam o futuro do setor para os próximos anos. Durante reunião de ministros da pasta em Montevidéu, líderes do bloco discutiram como promover o chamado turismo multidestino. Organizada pelo Ministério de Turismo do Uruguai, a reunião debateu, além da promoção conjunta do turismo multidestino, outros assuntos como pesca, prevenção da exploração sexual e Mundial de 2030. Alberto Alves, secretário executivo do Ministério do Turismo, foi o representante brasileiro no encontro. Hoje ocupando a presidência rotativa do grupo, Liliam Kechichián, ressaltou a necessidade de maior alinhamento dos países do bloco nas feiras internacionais. “O Mercosul como um todo tem a missão de estar presente em feiras internacionais. Isso deve aumentar o número de turistas destes mercados”, avalia.
 
 
MERCADO DE EVENTOS ALAVANCA SETOR DE VIAGENS E TURISMO
 
Sergio Junqueira
 
O segmento de eventos cresce mesmo em tempos de crise. Os últimos dados apurados, em 2018, sob a chancela da Revista Eventos/Sebrae/WTTC/Mtur, dão conta de que o setor movimentou R$ 854 bilhões de reais – ou 13% do PIB Nacional. Há um consenso de que a indústria de eventos atua como alavanca para o setor de viagens e turismo. Papel impulsionador inclui eventos de lazer e entretenimento e aqueles restritos aos negócios. Um grande evento, por exemplo, demanda transporte (aéreo e terrestre), hospedagem, gastronomia e serviços adicionais aos participantes. 
 
 
O impacto econômico e financeiro é expressivo para o destino onde o evento se realiza. E tudo poderia ser melhor. Segundo estudo de competitividade para o Turismo realizado pelo Fórum Econômico Mundial, o Brasil está em 1º lugar em atrativos naturais, num ranking de 136 países. Porém, em 106º lugar no quesito ‘prioridade desse setor’. Transporte e Segurança Pública são complicadores graves. Falta de competitividade dos outros setores também afeta. Para o sociólogo italiano Domenico De Masi, autor do best-seller ‘O Ócio Criativo’, “o velho problema do Brasil com o turismo é a violência. Trata-se do principal inimigo”.
 
Pensou em reformar? Tudo o que você precisa para construir/reformar sua pousada/hotel/resort, vale a pena no mínimo, CONSULTAR
 
DEVO, NÃO NEGO. PAGO QUANDO PUDER
 
 
Para o juiz que deu a decisão favorável a AVIANCA: "Não há razão para se duvidar, ao menos dentro dos limites de cognição característicos desta fase processual, da informação das requerentes no sentido de que cerca de 77.000 passageiros não voariam entre 10.12.2018 e 31.12.2018 caso a companhia experimentasse a redução de apenas 30% de sua frota, o que ocorrerá, segundo alegado, caso cumpridas as ordens de reintegração de posse já deferidas nos processos indicados na inicial". 
 
 
“Inegável, portanto, que a interrupção dos serviços das requerentes causará prejuízos evidentes a um número muito grande de passageiros e, naturalmente, ao sistema de transporte aéreo nacional”, diz outro trecho do texto. O juiz também garantiu a manutenção das permissões da Avianca Brasil para operar nos aeroportos que já atua. “Igualmente necessário que se garanta às requerentes, nos aeroportos em que opera, a manutenção da permissão de acesso e uso da infraestrutura e serviços aeroportuários necessários à prestação do serviço público de transporte”. 
 
 
 
Já o Conselho de Administração da Abracorp – Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas, na pessoa de seu presidente, Carlos Prado, solidariza-se com a Companhia Aérea Avianca no andamento do ciclo que a empresa está atravessando: “Queremos tornar público nosso apoio à Avianca Brasil, no momento em que a empresa oficializa o status de recuperação judicial. Entendemos que se trata de uma estratégia respaldada na legalidade, que deverá amainar o clima organizacional e reduzir a pressão natural que esse tipo de evento ocasiona. Com isso, a Avianca passa a ter a tranquilidade de que precisa para fazer os ajustes necessários”.
 
 
Por conta disso, o turismo internacional ganhou, nesta quinta-feira (13), um novo impulso no Brasil com a edição da Medida Provisória, assinada pelo Presidente da República, que autorizou a entrada de até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras. A medida é uma resposta à situação da Avianca, que causou alvoroço no mercado. O Ministro Vinicius Lummertz discutiu o assunto como presidente na manhã da última quarta-feira. Durante a tarde, o Tribunal de Contas da União (TCU) sugeriu à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) eliminar as barreiras ao investimento estrangeiro no setor. O voto do ministro Bruno Dantas, que foi aprovado em plenário, entende que a restrição é inconstitucional, por isso a Anac poderia fazer a alteração sem a necessidade de aprovação no Congresso.
 
 
Exemplos de outros países endossam a pressão. Lummertz citou o caso da Colômbia, onde a United Airlines investiu na Avianca e evitou problema semelhante ao enfrentado no Brasil – em tese, um movimento parecido por aqui poderia ter afastado a necessidade de recuperação judicial. Argentina e Chile também têm posicionamentos favoráveis à entrada de capital estrangeiro na aviação. – (Empresa aérea) é indústria meio, não fim. Precisamos de conectividade, nossas distâncias são muitas – diz Lummertz. A orientação do governo é pela mobilização do trade para pressionar as lideranças do Congresso em relação ao assunto. 
 
Sua melhor conexão fora do Brasil
 
VARIG
 
 
Escrevendo tudo isso percebo que por conta da falta de um grande ministro, por conta do desgoverno mais corrupto do Brasil e por falta de uma decisão e de um "canetaço" desses, perdemos a melhor companhia aérea que o Brasil já teve. Quem não teve orgulho de voar com a Varig? E por conta tudo isso ganhamos a GOL, que nem vale a pena comentar.
 
ABAV & BRAZTOA
 
 
A Abav Nacional e a Braztoa, ambas presididas por Magda Nassar, também se manifestaram sobre o pedido de recuperação judicial da Avianca Brasil. Nele, as entidades, em uma avaliação conjunta com os seus respectivos departamentos jurídicos, entenderam que a decisão foca a segurança dos consumidores e garantem a viabilidade operacional das atividades da companhia aérea. No mesmo posicionamento, Abav e Braztoa anexaram um ofício enviado diretamente ao presidente da Anac, pedindo total apoio à companhia aérea. Segundo as entidades, com esse apoio a agência protegerá milhares de consumidores brasileiros que poderão ser impactados no período de maior demanda do ano. "Já temos poucas companhias aéreas, perder mais uma levará a uma concentração não desejada pelos consumidores", diz o ofício assinado por Magda.
 
 
ISENÇÃO DE IMPOSTOS PARA IMPORTAÇÃO DE EQUIPAMENTOS
 
 
Finalmente o segmento de parques temáticos foi beneficiado esta semana com medidas que vão estimular investimentos e a geração de empregos no setor de turismo. O governo autorizou a importação de equipamentos sem similares nacionais com tarifa zero em compras realizadas até o final de 2020, segundo consta da Resolução nº 98 da Câmara de Comércio Exterior (Camex), publicada na edição do Diário Oficial da União. Um estudo do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat) estima investimentos de R$ 1,9 bilhão e geração de 56 mil postos de trabalho nos próximos cinco anos com a isenção permanente. 
 
O melhor endereço na Terra da Maçã - Fraiburgo - SC, Vale do Contestado
 
PRAZERES DA MESA EM GRAMADO
 
 
Essa é pra você que está ou vai a Gramado, na fenomenal Serra Gaúcha. O super chef Guimarães Nascimento, do pelos endereço gastronômico italiano de Gramado, o "Famiglia Guimarães“, acabou de abrir seu segundo restaurante, o "Victório", que surgiu do sonho e o prazer em cozinhar na cidade de Gramado. Abriu as portas neste mês de dezembro com a intenção de receber bem clientes que vem para o Natal Luz de Gramado. Tem um cardápio com ênfase em cortes especiais de carnes selecionadas, como o entrecot, picanha, entre outros, além de também contemplar as saborosas massas do Chef, também peixes e risotos, um cardápio de culinária brasileira contemporânea e também italiana. 
 
 
Fica na rua Wilma Dinnebier, N° 45, alguns metros antes do Famiglia Guimarães. O horário de funcionamento é das 11:30 as 15:00 e das 19:00 as 23:00h e funciona diariamente. Os contatos podem ser feitos pelo telefone 54 3699-1031, também pelo facebook ou mesmo instagram, onde o perfil chama-se “rest.victorio” . Diariamente são postadas novidades, promoções e pratos servidos no restaurante. O local possui estacionamento próprio, wifi e uma vasta carta de vinhos e cervejas artesanais. Com três ambientes decorados de maneira charmosa e intimista, conta hoje com aproximadamente 60 lugares. 
 
 
GRAMADO, CANELA CONVENTION & VISITORS
 
 
Falando na belíssima Gramado, única cidade no Brasil onde o turismo funciona de fato, os resultados do trabalho do Gramado Canela Convention & Visitors neste ano são realmente surpreendentes: foram captados 47 eventos e a entidade ainda apoiou outros  47, com oportunidade direta de geração de negócios para os associados. Somente em 2018 ocorreram 59 eventos captados e apoiados,  gerando R$ 94 milhões na economia. Atualmente existem 27 eventos em prospecção, para as quais a equipe não mede esforços para sair vencedora na escolha.
 
 
O presidente do Convention Eduardo Zorzanello, em seu discurso, afirmou: “Concluímos nossas atividades com mais sucesso que no ano passado, que já havia sido de grandes vitórias. Um motivo de muita comemoração é a conclusão do Pavilhão 03, do Expo Gramado, viabilizado através dos recursos da Taxa de Turismo Sustentável – TTS, o que reforça a sua relevância para o desenvolvimento do nosso segmento turístico e que amplia a capacidade do Município em sediar eventos de grande porte.” Divulgar Gramado e Canela como região, juntamente com Nova Petrópolis e São Francisco de Paula foi assunto dos pronunciamentos de Eduardo e também do Prefeito Municipal de Gramado João Alfredo Bertolucci (Fedoca) e do Secretário Municipal de Turismo de Canela Ângelo Sanches.
 
 
 
Praia Bonita Resort & Conventions, o mais novo all inclusive de Rio Grande do Norte já está lotado para as festas de final de ano. Faça tua reserva para tuas merecidas férias, afinal por lá, é verão o ano todo. 
 
 
ABAV EXPO 2019
 
 
A Abav Nacional encerra o ano com uma reestruturação e a decisão de manter a organização da Abav Expo totalmente concentrada internamente, o que inclui a curadoria da Vila do Saber e do Congresso Abav de Turismo, agora sob inteira responsabilidade do Instituto de Capacitação e Certificação da entidade. “Sempre mantivemos o desejo de voltar a gerir o nosso evento, e sentimos que após dez anos, o momento se propiciou para essa retomada”, explica o presidente da Abav Nacional,Geraldo Rocha“Iniciamos a transição absorvendo a área comercial da feira, e os resultados que obtivemos já a partir deste ano nos trouxeram a motivação que precisávamos para seguir adiante”, completa. Uma das metas para a edição 2019 é ampliar a presença de expositores estrangeiros. Para alcançá-la, a equipe comercial cumpre uma agenda de visita aos principais eventos internacionais, iniciada este ano já, e que seguirá em ritmo intenso ao longo do próximo ano. A estratégia será reforçada com a promoção de roadshows em mercados-chave.
 
 
 
 
 
 
Sabe o que chegou no Bolo da Madre em São José? Um fantástico bolo de natal, gelado e  com um sabor super especial. Além de delicioso, um ótimo presente.  - Bolo da Madre - São José - SC
 
 
 




« Leia outros artigos